Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Santo Tirso celebra memórias em mais uma edição da "Poesia Livre"

29 Fevereiro 2016
Lmm 8219 1 980 2500
PROGRAMA INCLUI HOMENAGENS, CONVERSAS COM ESCRITORES E APRESENTAÇÕES DE LIVROS

A partir de 11 de março, o binómio memória/memórias norteará as várias iniciativas de mais uma edição da Poesia Livre, promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso. A edição deste ano decorre até ao dia 21 de março e contará com uma homenagem ao escritor Daniel Gonçalves, bem como com a presença de Arnaldo Trindade, fundador da mítica editora Orfeu.

Ao longo de dez dias, a poesia andará à solta pelo concelho de Santo Tirso, transmitida através de várias ações que pretendem envolver a comunidade. No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Poesia, a 21 de março, a iniciativa faz-se em colaboração com as associações locais, os estabelecimentos de ensino e as juntas de freguesia.

O programa da Poesia Livre 2016 foi apresentado na passada sexta-feira, na Biblioteca Municipal de Santo Tirso. O presidente da Câmara, Joaquim Couto, lembrou que o objetivo desta grande iniciativa é levar a poesia “para o quotidiano das pessoas”, considerando, por isso, “fundamental envolver a comunidade nas diferentes ações, não apenas como espetadora, mas também como participante ou interprete”.

Um dos destaques desta edição vai para homenagem ao escritor Daniel Gonçalves, que também marcou presença na sessão de sexta-feira. Com mais de 16 livros publicados, o autor de “Ensaio sobre o comprimento do silêncio” e de “Pequeno Livro de Elegias”, distinguido em 2014 com o Prémio Literário Manuel Maria Barbosa du Bocage, regressa a Santo Tirso, onde será homenageado em sessão solene a realizar no átrio da Câmara Municipal, às 21h30 do dia 20 de março. Uma homenagem que contará com a presença do artista Rúben Marks.

Augusto Guerra será outro dos homenageados. Considerado “uma voz imensa” da poesia tirsense, a sua longevidade não o impede de “manter vivo o amor às artes, sobretudo a poesia que interpreta (diz) como ninguém”.

Outro dos pontos altos do evento é a apresentação de “Todos os Cavalos e Mais Sete”, de Nino Higino, que terá lugar no dia 11 de março, no Centro Cultural e Municipal de Vila das Aves, pelas 14h15. O livro conta com ilustrações do aclamado arquiteto Álvaro Siza Vieira.

A 13 de março, há encontro marcado com Arnaldo Trindade, na Biblioteca Municipal de Santo Tirso, pelas 17 horas. Nascido no Porto em 1934, Arnaldo Trindade foi o fundador da mítica editora Orfeu, que revolucionou o mercado discográfico português, integrando no seu catálogo nomes como Miguel Torga, Eugénio de Andrade, Adriano Correia de Oliveira, Zeca Afonso, Fausto e Sérgio Godinho.

A edição deste ano da Poesia Livre conta ainda com poesia nos transportes públicos. No dia 17, há “TUST… Poético”, iniciativa que que fará ouvir poesia nos Transportes Urbanos de Santo Tirso, nomeadamente no percurso Caldas da Saúde/Santo Tirso. No dia 21, o percurso é outro, faz-se entre Santo Tirso e o Porto e a poesia segue viagem de comboio com destino à estação de S. Bento e regresso assegurado à cidade. A viagem de comboio com poesia dentro, parte da estação de Santo Tirso às 12h20.

Já no dia 18, pelas 21h30, Manuel Andrade apresenta o seu novo romance, intitulado “Elogios dos Amantes Derradeiros”. A iniciativa terá lugar na Fábrica de Santo Thyrso e contará com a presença do jornalista Sérgio Almeida.

A sessão de apresentação do programa Poesia Livre que decorreu na passada sexta-feira contou com a atuação da Companhia de Teatro “Quatro Ventos”, através de uma encenação de diversos poemas.

imagem

Partilhar
ColorAdd Icone