Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Festival traz grandes nomes da guitarra a Santo Tirso

25 Março 2015
Apresenta  o do xxii festival internacional de guitarra 1 980 2500

XXII EDIÇÃO DECORRE ENTRE 16 DE MAIO E 6 DE JUNHO

São sete concertos, três master classes, um workshop e dois dias de festival nas escolas. A vigésima segunda edição do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso decorre entre 16 de maio e 6 de junho e traz pela primeira vez a Portugal nomes como o do alemão Joscho Stephan, o ingês Mike Dawes ou a argentino Pablo Márquez, considerado um dos virtuosos e mais versáteis guitarristas da atualidade. Com um orçamento de 50 mil euros, semelhante aos de edições anteriores, a Câmara Municipal de Santo Tirso mantém a aposta na realização de um festival de projeção nacional e internacional.

“Temos feito um esforço no sentido de promover eventos culturais para todos os gostos, dos mais populares, aos mais específicos. O Festival Internacional de Guitarra é uma referência e iremos manter a qualidade a que habituamos o público”, realçou o presidente da autarquia, Joaquim Couto, na conferência de imprensa desta quarta-feira, que assinalou a apresentação do programa do evento.

O XXII Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso decorre entre 16 de maio e 6 de junho, com a realização de sete concertos, mais um do que na edição do ano passado. Pela primeira vez, a Fábrica de Santo Thyrso é incluída no roteiro de locais dos concertos, mantendo-se os espaços habituais: Biblioteca Municipal, Centro Cultural de Vila das Aves, Auditório Padre António Vieira e Auditório Eng. Eurico de Melo. Uma oportunidade, segundo referiu Joaquim Couto, “para a população de Santo Tirso e todos os que visitam o Município contactarem com o mundo da guitarra, interpretada por artistas conceituados de várias partes do mundo”.

Aos espetáculos, juntam-se workshops e três master classes e o festival nas escolas. De acordo com o presidente da Câmara de Santo Tirso, reforça-se “a ligação à vertente pedagógica e aos estabelecimentos de ensino”, na medida em que a autarquia “considera que a cultura é um instrumento de desenvolvimento social e económico”.

À semelhança das últimas edições, o Festival Internacional de Santo Tirso é promovido pela Câmara Municipal de Santo Tirso e pela ARTAVE. Na conferência de imprensa desta quarta-feira, Alexandre Reis deu enfase à qualidade e à notoriedade alcançadas pelo evento, não só a nível nacional, mas também a nível internacional. Para o diretor da Escola Profissional Artística do Vale do Ave, a programação deste ano “pretende manter o Festival como um espaço único de difusão e de encontro de ideias e de estéticas no multifacetado universo da guitarra”.

Programação
A abertura do XXII Festival Internacional de Guitarra, no dia 16 de maio no auditório Eng. Eurico de Melo, uma incursão ao território do Jazz, está a cargo do virtuoso guitarrista Joscho Stephan, prossecutor da tradição musical de Django Reinhart, que se apresenta com o seu Trio.
As novas expressões estão representadas no Festival pelo autor de inovadoras técnicas de execução da guitarra, contanto atualmente com inúmeros seguidores por todo o mundo, o exímio jovem inglês Mikes Dawes que apresenta as suas composições e arranjos para guitarra acústica. O concerto decorrerá no dia 22 de maio, na Biblioteca Municipal.


No dia seguinte, a 23 de maio, também na Biblioteca Municipal, sobe ao palco Pablo Márquez, da Argentina, considerado um dos virtuosos, mais versáteis e completos guitarristas da atualidade.

Música para filmes, um tema inovador nas sessões do Festival, chega à Fábrica de Santo Thyrso no dia 29 de maio e contará com a presença de Joaquim Pavão, compositor, cineasta e guitarrista que interpretará obras da sua autoria no concerto denominado “Um filme concerto”.

A música clássica tem representação e novidades de destaque nesta vigésima segunda edição. Dois emblemáticos duos de guitarra, oriundos da Alemanha e de Itália, integram o programa: o Amadeus Guitar Duo -Dale Kavanagh & Thomas Kirchhoff – que celebra este ano o seu 25º aniversário com uma tournée mundial – a 30 de maio, no Centro Cultural de Vila das Aves, e o celebradíssimo SoloDuo, integrado por dois notáveis músicos, Lorenzo Micheli e Matteo Mela, a 6 de junho, no auditório Eng. Eurico de Melo. Pablo Marquez, apresentará um programa eclético, de Bach ao compositor argentino Cuchi Leguizamón.

Já o francês Judicael Perroy dará continuidade à divulgação no Festival dos mais representativos concertos para guitarra e orquestra, interpretando o Concerto de Heitor Villa-Lobos, sendo acompanhado pela Orquestra ARTAVE. O concerto terá lugar no dia 5 de junho, no Auditório Padre António Vieira.
Cumprindo-se a tradição, a componente pedagógica mantém um lugar de destaque na programação do Festival. Nesta edição será concretizada através do workshop de guitarra acústica, a cargo de Mike Dawes, e das master classes de guitarra clássica lecionadas pelo Amadeus Guitar Duo e pelos integrantes do SoloDuo.

Uma aposta na formação cultural de novos públicos, tendo em conta que a Câmara Municipal de Santo Tirso considera que a divulgação e promoção das atividades culturais em geral, e da música, em particular, é uma componente essencial no evento.

Os bilhetes para o XXII Festival Internacional de Guitarra têm um custo de 7,5 euros e podem ser adquiridos nos locais dos concertos, na FNAC de Matosinhos (Norteshopping) e do Porto (Santa Catarina) e nas instalações da ARTAVE, na freguesia de Areias.

Partilhar
ColorAdd Icone