Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Santo Tirso assinala 40 anos de Abril

24 a 27 Abril 2014
Cartaz 1 980 2500

Exposições, poesia, teatro, arraiais, desporto, concertos, sessão solene e colóquios são algumas das atividades que vão assinalar, no concelho de Santo Tirso, as comemorações dos 40 anos do 25 de Abril, num programa que começa dia 24 de abril (quinta-feira) e termina a 27 (domingo).

O programa oficial abre com uma exposição, intitulada “A Revolução dos Cravos”, dia 24, pelas 18h00, organizada pelo Agrupamento de Escolas de S. Martinho, na sede da União das Freguesias de Campo (S. Martinho), S. Salvador do Campo e Negrelos (S. Mamede). No mesmo dia, a União das Freguesias de Santo Tirso, Couto (Santa Cristina e S. Miguel) e Burgães vai levar a cabo uma iniciativa que envolve a atuação do coro de S. Bartolomeu de Fontiscos, no auditório Eng.º Eurico de Melo, pelas 21h30, assim como uma caminhada até à sede da união das freguesias.

Ainda no dia 24, a Câmara de Santo Tirso vai promover uma emissão radiofónica, a partir das 22h00, que recria os acontecimentos mais marcantes da revolução de Abril. Editados pela TSF em 1994, os “Cravos da Rádio – Histórias de um certo Abril” serão recordados através da Rádio Voz de Santo Tirso (88.6 FM) para todo o auditório do concelho.

O desporto terá uma forte presença nas comemorações do Dia da Liberdade em Santo Tirso. O Pavilhão Municipal de Santo Tirso vai estar todo o dia 25 de Abril ocupado com a realização de um torneio de futsal. Já no Complexo Desportivo da Vila das Aves, terá lugar a final da Taça de Futebol Concelhio Amador. Entre as 9h30 e as 13h30, realizar-se-á, da igreja Românica de S. Pedro, em Roriz, à igreja S. Miguel, em Vilarinho, a Caminhada da Liberdade.

Um dos pontos altos do programa das comemorações da Revolução dos Cravos vai ter como palco o átrio da Câmara Municipal, pelas 11h00, quando se realizar a sessão solene alusiva aos 40 anos do 25 de Abril. A cerimónia vai contar com um momento musical e com os discursos oficiais. Pela primeira vez, todas as forças políticas com representação na Assembleia Municipal e movimentos independentes vão discursar, numa cerimónia que abrirá com a intervenção do presidente da Assembleia Municipal, Rui Ribeiro, e fechará com a do presidente da Câmara, Joaquim Couto.

Para o Parque de Merendas de Espinho, em S. Martinho do Campo, está marcado, a partir das 15h00, um arraial minhoto com a participação do grupo “As Joaninas” e o Grupo Folclórico de S. Martinho do Campo.

Quando foram 18h00 do dia 25 de abril, vai subir ao palco do auditório Eng.º Eurico de Melo um espetáculo de marionetas para todas as idades: “Dura Dita Dura”, levado a cabo pela Câmara Municipal de Santo Tirso e produzido pelo Teatro de Ferro. A entrada é livre.

A igreja de S. Mamede de Negrelos vai assistir, também dia 25 de abril, pelas 21h00, ao primeiro concerto da Escola de Música de S. Martinho do Campo, com um repertório dedicado ao 25 de Abril, explorando os principais temas que marcaram a música de há 40 anos.

No dia 26, a partir das 15h00, estará patente ao público, na Praça 25 de Abril, em frente à Câmara Municipal de Santo Tirso, uma exposição ao ar livre evocativa das conquistas e direitos alcançados pelas mulheres. No mesmo dia, a partir das 21h00, o Centro Cultural de Vila das Aves acolherá um colóquio sobre Cidadania, numa parceria entre o Município de Santo Tirso e a Associação 25 de Abril.

O programa oficial das comemorações dos 40 anos do 25 de Abril encerrará, dia 27, pelas 15h00, com um espetáculo musical, no Parque D. Maria II. O concerto ao ar livre, protagonizado pelos conceituados músicos Sandro Camilo e Rui Rocha, num projeto de interação com o artista do concelho José Morais, evocará as canções de Abril de Zeca Afonso, José Mário Branco, Manuel Freire, José Jorge Letria, Francisco Fanhais, entre outros.

Cartaz 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone