Passar para o Conteúdo Principal
menu
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Música e cinema de mãos dadas no Festival Internacional de Guitarra

16 Outubro 2023

MOSTRA DO FESTIVAL DE CINEMA MA BEACH (BRASIL)

VAI INCLUIR EXIBIÇÃO DE SEIS FILMES

A música e o cinema vão estar de mãos dadas na 26ª edição do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, que decorre de 18 a 22 de outubro. Perseguindo o objetivo de promover o diálogo entre diferentes linguagens artísticas, uma Mostra do Festival de Cinema Ma Beach, do Brasil, vai brindar o público com a exibição de seis obras cinematográficas que exploram a música, a dança, as artes plásticas e a espiritualidade.

A mostra de cinema integra o programa do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso, arrancando, na próxima quinta-feira, pelas 18h30, com a exibição de “Faz de Conta”, um extravagante musical romântico, realizado pelo japonês Kenjo McCurtain.

No sábado, a tarde será preenchida, às 14h30, com a projeção de “Pretu Funguli”, um documentário de arte, assinado por Mónica Musoni (Giuné-Bissau) e António Costa Valente (Portugal). A partir das 15h30, seguir-se-á a exibição de “Sobre Sonhos e Liberdade”, que chega do Brasil, com realização e argumento de Márcia Paraíso e Francisco Colombo.

“Pretu Funguli” é uma imersão na vida e obra de Nú Barreto, seguindo o artista plástico guineense pelo Brasil, Guiné-Bissau, Macau e Paris, cidade onde vive e trabalha. Um documentário que procura entender o seu processo criativo e os conflitos em que vive o artista, oriundo de um dos países mais pobres do mundo.

Já “Sobre Sonhos e Liberdade” é um documentário que dá palco a manifestações culturais de rua que ainda acontecem nos dias de hoje, com origem na riqueza cultural dos escravos provenientes de África. Nesta longa-metragem, os autores promovem uma reflexão acerca das consequências da forma como decorreu a abolição da escravatura no Brasil e as suas consequências para os milhares de negros que trabalhavam nas lavouras e nas cidades, bem como para os seus descendentes.

No domingo de manhã, pelas 10h30, é exibido o documentário “Cidade da Guitarra”, que o realizador português Joaquim Pavão estreia, no dia 18 de outubro, na abertura do Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso e onde reflete sobre o impacto deste evento e das políticas culturais em Portugal.

À tarde, a partir das 14h30, é projetado o documentário “Diadema”, de Milana Majar, uma co-produção entre Portugal e a Bósnia Herzegovina. Uma obra intensa, protagonizada por Youla Bnayat, primeira bailarina da companhia nacional de bailado da Síria antes do começo da guerra, cuja trajetória de vida sofreu uma profunda e traumatizante reviravolta.

Pelas 15h00, é exibido “Por detrás da moeda”, de Luís Moya. Trata-se do primeiro documentário sobre músicos de rua da cidade do Porto e o projeto Pippermint Twist da década de 80. Uma obra cinematográfica que procura descobrir que histórias existem por detrás de cada um daqueles artistas.

Todos os filmes da Mostra do Festival de Cinema Ma Beach, que conta com curadoria de António Costa Valente, serão exibidos nas instalações da Fábrica de Santo Thyrso, com entrada livre até ao limite da lotação dos espaços.

O Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso decorre de 18 a 22 de outubro, com um programa que conta com cinco concertos de Tom Ibarra (França), Dublin Guitar Quartet (República da Irlanda), La Chimera (Suíça), Indigo Quartet (Portugal) com o narrador de histórias Quico Cadaval (Galiza) e, ainda, Duo Arsis (Portugal) com a tecelã Guida Fonseca.

O festival regressa para a sua 26ª edição após uma paragem de cinco anos, propondo um novo conceito que visa promover uma confluência de artes em torno da guitarra. Este evento é promovido pela Câmara Municipal de Santo Tirso e tem produção da Fugir do Medo – Associação Cultural, contando como parceiros a ESMAD – Politécnico do Porto e os festivais de cinema de Avanca e Ma Beach (Brasil).

 

PROGRAMA COMPLETO

WEBSITE

Partilhar
ColorAdd Icone