Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara avança com modernização de três ruas centrais de Santo Tirso

24 Fevereiro 2021
Construcao de uma rotunda ira permitir melhor ordenamento na circulacao rodoviaria 1 980 2500

REQUALIFICAÇÕES REPRESENTAM INVESTIMENTO DE 1,1 MILHÕES DE EUROS


A Câmara Municipal de Santo Tirso vai avançar com a requalificação das ruas Infante D. Henrique, Comendador António Maria Lopes e Misericórdia. O investimento, de 1,1 milhões de euros, segue em linha com o Plano de Mobilidade Urbana e Sustentável do Município e irá garantir maior segurança e conforto na circulação.

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, apresentou esta quarta-feira, o projeto de requalificação das ruas Infante D. Henrique, Comendador António Maria Lopes e Misericórdia. A intervenção irá consolidar os espaços de circulação automóvel, as zonas de circulação partilhada, os espaços pedonais e de estacionamento.

“É fundamental melhorar as acessibilidades promovendo os modos de transporte suaves e a defesa do meio ambiente”, acredita Alberto Costa, salientando ser essa a estratégia de requalificação urbana que o Município tem seguido no desenvolvimento de vários projetos por todo o território do concelho.

Para além da colocação de piso em betuminoso, a intervenção inclui a construção de uma rotunda na rua Infante D. Henrique, no acesso à central de camionagem, que irá permitir um melhor ordenamento na circulação rodoviária. As zonas de estacionamento serão reorganizadas, construídas novas áreas de circulação pedonal e executadas pequenas áreas de jardim. Para além disso está ainda prevista a colocação de ecopontos, contentores de recolha de resíduos e infraestruturas para rede de águas pluviais, saneamento, rede elétrica e de telecomunicações.

“A requalificação não só contribui para o desenvolvimento e a modernização do espaço público no centro da cidade, como vai permitir uma melhor organização e garantir maior segurança e conforto para a circulação, seja ela de pessoas, bicicletas ou automóveis”, explicou o autarca.

O investimento de 1,1 milhões de euros arranca em março e deverá estar concluído dentro de um ano. Os trabalhos serão, ainda assim, e de modo a garantir a circulação, executados em três fases: a primeira avança na rua comendador António Maria Lopes e estende-se a parte da rua Infante D. Henrique, a segunda contempla a rua da Misericórdia e a terceira abrange a rua Infante D. Henrique.

“Importa reforçar que, apesar da pandemia, o trabalho da Câmara Municipal não parou”, destacou Alberto Costa, lembrando que “continua a ser feito trabalho em prol do desenvolvimento inteligente e sustentável do Município”.

A primeira fase avança na rua Comendador António Maria LopesSegunda fase contempla a rua da MisericórdiaTerceira fase abrange rua Infante DHenrique

Partilhar
ColorAdd Icone