Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara Municipal e escolas do concelho unidas no combate ao insucesso escolar

13 Junho 2017
Assinatura do protocolo 1 980 2500

AUTARQUIA E PARQUE ESCOLAR DO MUNICÍPIO ASSINARAM PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO COM A ÁREA METROPOLITANA DO PORTO

Combater o insucesso escolar no concelho é o objetivo do protocolo celebrado na última quarta-feira, entre a Câmara Municipal de Santo Tirso, as escolas do concelho e a Área Metropolitana do Porto. O acordo permitirá desenvolver o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE), criando um Centro Local dedicado à temática e potenciando o recurso dos alunos a ferramentas tecnológicas inovadoras.

A Câmara Municipal de Santo Tirso vai reforçar as medidas de combate ao insucesso escolar no município. A autarquia celebrou, no passado dia 7 de junho, um protocolo com a Área Metropolitana do Porto e as escolas do concelho, que permitirá desenvolver e executar o PIICIE-Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar.

Denominado “+Aprendizagens, Equidade e Inclusão”, este plano envolve os Agrupamentos de Escolas Tomaz Pelayo, D.Dinis, D.Afonso Henriques e S.Martinho, bem como a Escola Básica da Ponte, e surge como resultado de uma candidatura da Área Metropolitana do Porto para financiamento no âmbito do Programa Operacional Norte 2020.

Esta candidatura integrou os projetos e ações que estrategicamente os municípios da AMP propõem desenvolver até 2020, e que concorrem para o cumprimento das metas e objetivos assumidos no referido PIICIE. No seguimento da sua aprovação, os municípios terão oportunidade de se candidatarem ao acesso a financiamento para o desenvolvimento dos respetivos projetos e ações.

Neste âmbito, Santo Tirso prepara a candidatura para o desenvolvimento do projeto “Ag(ir) para o Sucesso Escolar”, que envolverá o desenvolvimento de várias ações, entre as quais a criação de um Centro Local Integrado à Promoção do Sucesso Escolar, com observatório municipal de educação e o programa “+Santo Tirso: Experimentar, Aprender e Partilhar”, cuja implementação assentará na criação de uma plataforma de aprendizagem de base colaborativa, potenciada através do recurso a ferramentas tecnológicas, inovadoras e criativas, como kits de robótica.

“Ao todo, estamos a falar de um projeto cujas ações envolverão 1935 alunos e 32 escolas de Santo Tirso. Todo o trabalho que possamos fazer de combate ao insucesso escolar é, naturalmente, importante, ainda mais quando tem esta abrangência” salientou Ana Maria Ferreira, vereadora da Educação.

Estas ações permitirão ao Município complementar e reforçar a intervenção dos agrupamentos de escolas e Escola da Ponte no âmbito dos seus planos de promoção do sucesso escolar, incidindo por isso a sua atuação ao nível do ensino aí identificado como prioritário – o 1º ciclo do ensino básico.

Partilhar
ColorAdd Icone