Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

MIEC candidato a Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

07 Abril 2016
Miec 1 980 2500

VENCEDORES SERÃO CONHECIDOS ESTA QUINTA-FEIRA À NOITE

Entre 60 candidaturas, de 16 concelhos do país, o Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC) leva o Município de Santo Tirso à grande final do 4º Prémio Nacional de Reabilitação Urbana. A gala decorre esta quinta-feira no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa. O prémio é reconhecido como o galardão de maior prestígio na área em Portugal.

Promovido pela Vida Imobiliária e pela Promevi, o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana será entregue esta quinta-feira, entre 60 candidatos, oriundos de 16 concelhos de norte a sul do país, que integram a lista de nomeados. Na gala final, que decorre no Palácio da Ajuda, em Lisboa, também o nome de Santo Tirso se fará ouvir.

A representar o Município estará o Museu Internacional de Escultura Contemporânea, um projeto da coautoria dos conceituados arquitetos Siza Vieira e Souto de Moura, num concurso que integra as melhores intervenções de reabilitação urbana concluídas entre 2014 e 2015, nas categorias residencial, de comércio, serviços, turismo e impacto social.

O Museu Internacional de Escultura Contemporânea, único museu de escultura ao ar livre em Portugal, reúne um espólio de 54 esculturas espalhadas por toda a cidade de Santo Tirso, revelando a contemporaneidade do município, também através da arte pública. Entre praças e jardins estão esculturas de artistas como Miguel Navarro ou Arghira Calinescu, resultantes de um projeto iniciado há 26 anos.

No próximo dia 21 de maio, a ideia fica completa, com a inauguração da sua sede oficial, ao lado do Mosteiro de São Bento.

Miec 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone