Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Escola Básica da Ramada requalificada

23 Novembro 2015
Lmm 1781 1 980 2500

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, inaugurou  no dia 23 de novembro, a requalificação do espaço exterior da Escola Básica da Ramada, em Burgães. Um investimento na ordem dos 60 mil euros que permitiu criar condições de recreio para as crianças.

“Esta escola não estava dotada de grandes espaços de distração/brincadeira para as crianças. Para colmatar este problema, a Câmara Municipal de Santo Tirso desenvolveu um projeto que englobou a criação de diversos espaços, onde os alunos podem não só brincar, mas também desenvolver atividades lúdico pedagógicas”, explicou Joaquim Couto.

A obras realizadas, segundo o autarca, inserem-se “num plano de gestão e manutenção do parque escolar levado a cabo pela Câmara Municipal, ao longo de todo o ano”. “O pelouro da Educação tem contacto direto com a comunidade escolar e estamos atentos aos problemas que se vão verificando na escola e que tentamos resolver com a celeridade possível”, apontou Joaquim Couto.

Acompanhado pela vice-presidente da autarquia e vereadora da Educação, Ana Maria Ferreira, e pelo presidente da União de Freguesias de Santo Tirso, Couto (Santa Crista e S. Miguel) e Burgães, Jorge Gomes, Joaquim Couto visitou os novos espaços exteriores da Escola Básica da Ramada e que estão divididos em diversas áreas.

Um dos novos espaços destina-se a jogos tradicionais – o jogo da macaca e o jogo mar e terra –, atividades que promovem o convívio social, a interajuda, o companheirismo, uma vez que são jogos de equipa e possibilitam o grande número de jogadores em simultâneo.

Para além dos jogos tradicionais, existe uma área que contém lajes de betão com diferentes cores. Aqui, as crianças podem dar largas à sua imaginação e brincar. Num destes desenhos pode ser inventado um jogo para duas equipas, por exemplo, uma vez que forma dois percursos constituídos por lajes de betão quadrangulares. Cada percurso possui uma cor. As crianças, numa atividade que possa ser promovida pela escola, podem pintar cada uma destas
lajes, constituindo assim um jogo, onde cada casa pode ser um número, ou uma atividade.

Com o intuito de garantir que os alunos, professores e funcionários “mexam” a terra, o projeto englobou a implementação de uma horta pedagógica. Esta, tem um forte contributo para a sensibilização ambiental, garantindo o aumento de conhecimentos tanto a nível teórico como prático, podendo também descobrir e aprender diretamente muitas matérias que, por vezes, são apenas abordadas na sala de aula.

As obras de requalificação do espaço exterior envolveram, ainda, a colocação de equipamentos lúdicos, nomeadamente escorrega, rede de escalada, entre outros, e envolveram um investimento de 60 mil euros.

 

Partilhar
ColorAdd Icone