Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Espaços do Cidadão já funcionam em Santo Tirso

13 Novembro 2015
S. to 1 980 2500

CÂMARA MUNICIPAL INVESTE 55 MIL EUROS PARA FACILITAR ACESSO DA POPULAÇÃO A DIVERSOS SERVIÇOS 

“O objetivo é servir melhor a população, proporcionando um modelo de atendimento mais rápido, simples e próximo”. Foi assim que o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, resumiu o objetivo dos novos Espaços do Cidadão, localizados em sete freguesias do concelho.

Já estão a funcionar os sete Espaços do Cidadão previstos para Santo Tirso. Depois do protocolo de colaboração assinado em maio, entre o Município e a AMA - Agência para a Modernização Administrativa, a autarquia assumiu os custos nas obras de requalificação das instalações, quase todas em sedes de juntas de freguesia.

No total, o investimento rondou os 55 mil euros. “Foi um esforço assumido pela Câmara de Santo Tirso que, desta forma, coloca em prática aquilo que tem sido defendido pelo atual executivo: descentralizar e melhorar a qualidade e diversidade de serviços prestados à população”, realçou Joaquim Couto.

Em todas as visitas que fez aos novos equipamentos, o autarca enfatizou as mais valias destes espaços, no que diz respeito à disponibilização a todos os cidadãos de vários serviços da área da Administração Central. Desta forma, explicou, “as populações já não necessitam de se deslocar ao centro de Santo Tirso para tratar de assuntos como a renovação do cartão do cidadão ou da carta de condução”.

Santo Tirso tem sete espaços de cidadão a funcionar, nomeadamente nas juntas de freguesias de Água Longa; S. Tomé de Negrelos; Vila Nova do Campo; União de Freguesias de Carreira e Refojos; e União de Freguesias de Areias, Sequeirô, Lama e Palmeira. Fora dos edifícios das juntas ficaram o Espaço do Cidadão de Santo Tirso, localizado na Loja do Cidadão, e o Espaço do Cidadão de Vila das Aves, no Centro Cultural. Nestes dois últimos casos, apontou Joaquim Couto, “a Câmara Municipal dispunha de infraestruturas, pelo que não houve necessidade de adaptar espaços nas juntas de freguesia de Santo Tirso e Vila das Aves, respetivamente”.

Os Espaços do Cidadão são postos que agregam a prestação de vários serviços de diferentes entidades num só balcão, privilegiando o atendimento digital assistido. Nestes espaços são disponibilizados mais de 170 serviços, sendo possível tratar de assuntos como renovação da carta de condução, solicitar nova senha ou caderneta predial junto da Autoridade Tributária, apresentar despesas junto da ADSE, tratar de assuntos relativos a emprego e formação profissional, alterar a morada do cartão do cidadão, solicitar o Cartão Europeu de Seguro de Doença, marcar consultas, entre muitos outros.

Durante a inauguração dos Espaços do Cidadão do Município de Santo Tirso, Joaquim Couto revelou a vontade da Câmara “disponibilizar nestes locais serviços de âmbito municipal, por forma a evitar que as pessoas tenham de se deslocar ao edifício da autarquia”.

À semelhança do que se passa com os serviços de coesão social descentralizados, em que os técnicos de ação social da Câmara se deslocam às freguesias para atendimento aos munícipes, “a ideia é simplificar cada vez mais o acesso dos utentes a diversos tipos de serviços da administração pública”. “Ao criar estes serviços de proximidade com os cidadãos, estamos a prestar um melhor serviço com o envolvimento da administração central, das câmaras municipais e das juntas de freguesia”, concluiu.

S. to 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone