Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Orçamento Participativo Jovem soma 21 projetos

30 Outubro 2014
Img 6765 1 980 2500

 

PROJETOS VENCEDORES SERÃO ANUNCIADOSATÉ FINAL DE NOVEMBRO

 

A primeira edição do Orçamento Participativo Jovem de Santo Tirso contou com a apresentação de 21 propostas e a participação de cerca de 150 pessoas. Do total de projetos, três serão, agora, analisados por uma comissão técnica. A criação de uma horta urbana, a construção de um Indoor Radical Park e a promoção do Rio Fest 2015 são as propostas selecionadas.

“Ficamos muito satisfeitos com a adesão, não só em termos do número de participantes, mas também sob o ponto de vista da qualidade das propostas apresentadas”, refere, em jeito de balanço, o vereador da Juventude da Câmara Municipal de Santo Tirso, José Pedro Machado, acrescentando: “Apesar de ter sido a primeira edição, apostámos forte na divulgação desta iniciativa que, acreditamos, melhora em muito a relação entre o poder político e a sociedade civil”.

Depois de uma fase, em setembro, dedicada a sessões públicas de esclarecimento sobre as questões relacionadas com Orçamento Participativo Jovem, a Câmara Municipal de Santo Tirso promoveu, durante o mês de outubro, três Assembleias Participativas, descentralizadas pelo concelho. O objetivo, segundo o vereador da Juventude, “foi chegar a toda a população, organizando assembleias participativas de proximidade, em três pontos distintos do Município: Santo Tirso, Vila das Aves e Agrela”.

No total das três Assembleias Participativas, que contou com a participação de cerca de 150 jovens, entre os 12 e os 30 anos, foram apresentados 21 projetos, que, colocados a discussão e votação, resultaram na seleção de três.
Durante o mês de novembro, explica José Pedro Machado, “os três projetos serão alvo de análise por uma comissão técnica”. Fatores como “o enquadramento no Plano de Desenvolvimento Estratégico, no programa político da autarquia, ou noutros projetos municipais já aprovados, ou a possibilidade de candidatura a fundos comunitários” serão tidos em conta.

Dos três projetos selecionados para a última fase do Orçamento Participativo Jovem de Santo Tirso, constam um festival multifacetado com espetáculosculturais, atuações de dj’s, concertos, espetáculos de dança, atividades desportivas, atividades radicais, ações de cariz social. Com o nome Rio Fest 2015, a iniciativa envolve diversas entidades e, de acordo com a proposta, terá lugar na Fábrica do rio Vizela, em Vila das Aves.

Outra das propostas é a construção de uma horta urbana para uso particular e coletivo, a implementar num terreno adjacente ao Parque Urbano de Rabada, ou na Escola Agrícola. A ideia global é que estas hortas particulares sejam divididas em 20 espaços, para 20 famílias diferentes com dimensão de 25 metros quadrados, onde se poderá cultivar e usufruir dos produtos resultantes para consumo próprio.
Finalmente, a terceira proposta que será analisada pela comissão técnica é a criação de um Indoor Radical Park, envolvendo as modalidades de BMX, Workout, MTB, Patins, Skates, Parkour, concertos e ensaios musicais. O objetivo, de acordo com o projeto, é criar um espaço multifuncional, com condições para a prática de diversas atividades.

O Orçamento Participativo Jovem de Santo Tirso tem cabimentado, este ano, um valor de 120 mil euros, um dos maiores a nível nacional.

Img 6765 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone