Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Bombeiros vão receber 60 mil euros em equipamentos

08 Julho 2014
Reuni o c mara arquivo 1 980 2500

O executivo municipal presidido por Joaquim Couto aprovou hoje, dia 8 de julho, por unanimidade, em reunião de Câmara, a ratificação de um protocolo entre o Município de Santo Tirso, a Área Metropolitana do Porto (AMP) e as três corporações de bombeiros do concelho que prevê a aquisição de equipamentos de proteção individual no valor de cerca de 60 mil euros.

No âmbito do protocolo de cooperação celebrado entre a Câmara de Municipal de Santo Tirso, a AMP e o corpo de bombeiros, a Associação Humanitária dos Bombeiros Tirsenses, composta por 66 elementos, vai receber, para comparticipação na aquisição de 33 equipamentos de proteção individual, cerca de 17 mil e 400 euros.

Já a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santo Tirso, com um dispositivo formado por 75 bombeiros, será subsidiada em cerca de 20 mil euros, para comparticipar a compra de 38 equipamentos de combate a incêndios florestais. Por último, cerca de 21 mil euros serão atribuídos à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves, com vista a garantir o investimento em 40 equipamentos de proteção individual. Os bombeiros de Vila das Aves têm 79 elementos.

Os equipamentos de combate aos fogos florestais são compostos por botas, calças, dólmens, luvas, capacetes e cogulas (gorro de malha, para proteção da cabeça, até ao pescoço, com abertura para os olhos).

Por unanimidade, foi também aprovada a proposta de celebração de contratos-programa de desenvolvimento desportivo com diversas coletividades, algumas das quais dedicadas à prática da pesca desportiva, que voltaram a ser objeto de deliberações do executivo municipal. Assim, ao abrigo do contrato-programa, vão receber subsídios o Águias Futebol Clube (375 euros), o Clube Desportivo de S. Salvador do Campo (três mil euros), a Associação Recreativa da Torre (375 euros), e ainda o Clube de Pesca de Roriz (375 euros).

O executivo liderado por Joaquim Couto decidiu ainda, por unanimidade, atribuir um subsídio anual de 4300 euros aos 13 agrupamentos de escuteiros do concelho de Santo Tirso. Votada pro unanimidade foi também a deliberação que propunha a atribuição de subsídios às Comissões de Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores (500 euros), de Nossa Senhora de Fátima e Divino Salvador (350 euros) e de Nossa Senhora dos Espinhos (150 euros).

Partilhar
ColorAdd Icone