Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara lamenta falta de diálogo da ARS/Norte

24 Fevereiro 2014
1 1 980 2500

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE NÃO ARTICULOU COM AUTARQUIA ABERTURA DA UNIDADE DE SAÚDE DE AREIAS

  

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte decidiu ocupar a nova Unidade de Saúde de Areias sem qualquer articulação com a Câmara Municipal de Santo Tirso. O presidente da autarquia, Joaquim Couto, lamenta a decisão, responsabilizando aquela entidade pelos problemas causados aos utentes. “A decisão unilateral da ARS/Norte deu origem a um conjunto de problemas, sobre os quais o Município declina qualquer responsabilidade. Não obstante, a Câmara está a tentar resolver o assunto com a maior brevidade possível”, garante.

Em causa, estão as condições necessárias para a boa circulação e atendimento dos utentes da nova Unidade de Saúde de Areias. A ARS/Norte decidiu abrir o equipamento no dia 10 de fevereiro, sem dialogar com a autarquia de Santo Tirso.

“A Câmara tentou, por inúmeras vezes, contactar a ARS/Norte, sem qualquer efeito. Neste sentido, já enviámos um ofício para o Ministério da Saúde, dando conta da situação e alertando para os problemas que foram causados aos utentes da Unidade de Saúde de Areias”, revela Joaquim Couto.

Segundo o presidente da Câmara, têm chegado várias queixas à autarquia e à União de Freguesias de Areias, Sequeirô, Lama e Palmeira, sobretudo pela falta de transportes públicos, acessos e sinalização junto à Unidade de Saúde de Areias. “Lamentamos que os utentes estejam a ser prejudicados por causa da decisão da ARS/Norte. Estamos, contudo, a resolver os problemas com a maior brevidade possível, colocando a sinalização necessária e articulando com os Transportes Urbanos de Santo Tirso (TUST) uma solução para dar resposta à população”, garante Joaquim Couto.

1 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone