Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara transfere subsídio para agrupamento de escolas

30 Outubro 2013
Reuni o do executivo 2 1 980 2500

O executivo camarário de Santo Tirso aprovou dia 30 de outubro, por unanimidade, a transferência de um subsídio para livros e material escolar para cinco agrupamentos de escolas do concelho. A medida, como explica o presidente da autarquia, Joaquim Couto, “tem por objetivo o combate à exclusão social e a promoção de igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolar”.

Com a segunda fase de transferências aprovada na reunião público do executivo, na ordem dos 6,5 mil euros, a Câmara de Santo Tirso garante, assim, a cobertura de 1013 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico que têm direito ao escalão A e ao escalão B do abono de família. Para o ano de 2013/2014, a autarquia transferiu um montante total de 41 mil e 350 euros, apenas para subsídios para livros e material escolar. Trata-se, como realça Joaquim Couto, “de um mecanismo que pretende reforçar o apoio socio-educativo prestado pelo município aos alunos mais carenciados”.

Abrangidos por esta proposta estão o Agrupamento de Escolas Tomaz Pelayo, o Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, o Agrupamento de Escolas D. Dinis, Agrupamento de Escolas de S. Martinho e Escola Básica Integrada de Aves/S. Tomé de Negrelos.

A par do subsídio para livros e material escolar, a Câmara tem atribuído às escolas do 1º Ciclo, também, um subsídio que ronda os 267 mil euros para a alimentação dos alunos carenciados, um valor que sobe para os 403 mil euros se forem englobados os alunos do Ensino Pré-Escolar que também recebem este subsídio.

Na reunião pública do executivo camarário foram aprovados todos os pontos da ordem do dia.

 

Partilhar
ColorAdd Icone