Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Cidades Educadoras reunidas no Mosteiro de Singeverga

27 Fevereiro 2018
Encontro cidades educadoras 1 980 2500

SANTO TIRSO FOI, PELA PRIMEIRA VEZ, ORGANIZADOR DO ENCONTRO ANUAL DA REDE TERRITORIAL PORTUGUESA DAS CIDADES EDUCADORAS

O Mosteiro de Singeverga foi, na passada segunda-feira, o local escolhido para o Encontro Anual da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, organizado pela primeira vez pelo Município de Santo Tirso. Na presença de dezenas de participantes, vindos de todo o país, Santo Tirso deu a conhecer a Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente e a Poesia Livre como exemplos de promoção da educação e cidadania.

Pela primeira vez, Santo Tirso foi a cidade organizadora do Encontro Anual da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, que decorreu esta segunda-feira no Mosteiro de Singeverga. A iniciativa juntou 60 “Cidades Educadoras” de todo o país, como Loulé, Matosinhos, Ponta Delgada ou Torres Vedras.

Paralelamente à reunião de trabalho da rede, o encontro ficou marcado pela apresentação de dois projetos do Município, os exemplos da Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente – CAID e da Poesia Livre.

“Temos feito um grande esforço, enquanto Câmara Municipal e em complemento com o Estado e com as instituições particulares do ensino, em mostrar que, enquanto Cidade Educadora, o Município tem um papel ativo importante, que é também conhecido pelas outras cidades, não sendo por acaso este acordo se realiza aqui. Também queremos, e é do interesse de todos, que estas experiências políticas sejam reconhecidas por outros municípios”, explicou o presidente da Câmara, Joaquim Couto.

Orador na sessão de abertura, Joaquim Couto assinalou ainda que, muitas vezes, a Câmara Municipal assume responsabilidades que são do Governo, através do seu orçamento municipal. “Somos, por exemplo, na Área Metropolitana do Porto, o primeiro Município a avançar com um programa de combate ao insucesso escolar, envolvendo um conjunto de medidas a nível municipal que associam escola e família. Este encontro vem, de certa forma, dar corpo e seguimento à importância que a Câmara de Santo Tirso atribui às questões globais da Educação, bem como aos princípios que regem estas Cidades Educadoras: a promoção da cidadania e a participação das pessoas na gestão do território, respeitando a diversidade e o direito à diferença e promovendo a igualdade e a formação ao longo da vida”, acrescentou.

Os participantes tiveram ainda oportunidade de fazer uma visita temática ao Museu Internacional de Escultura Contemporânea e ao Museu Municipal Abade Pedrosa. Santo Tirso integra a Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras desde 2010.

Encontro Cidades Educadoras_

Partilhar
ColorAdd Icone