Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Cerca de dois mil quiseram descobrir os "Dias da Camélia"

20 Fevereiro 2018
Dias da cam lia 1 980 2500

INICIATIVA DECORREU DE 10 A 18 DE FEVEREIRO, NA FÁBRICA DE SANTO THYRSO

São cada vez mais as pessoas que querem descobrir as cores, os cheiros e as tipologias daquela que é conhecida como “a rosa do Japão”. A iniciativa “Dias da Camélia” levou à Fábrica de Santo Thyrso cerca de dois mil visitantes, no último fim de semana, e envolveu exposição, concurso e várias atividades.

A Fábrica de Santo Thryso foi o palco para uma verdadeira festa da camélia, promovida pela Câmara Municipal entre 10 e 18 de fevereiro. Os “Dias da Camélia” receberam cerca de dois mil visitantes, que descobriram, em Santo Tirso, um pouco mais sobre esta flor de inverno, originária da Ásia no início do século XIX.

A iniciativa, realizada anualmente, tem atraído cada vez mais pessoas ao concelho. “No norte do país há bastantes pessoas que têm camélias, que gostam desta flor e que participam e visitam este tipo de exposição. É um nicho de mercado na área do turismo que tem dado cartas nos últimos anos. Santo Tirso já é um ponto de passagem nesta Rota das Camélias, e tem conseguido manter e superar, anualmente, o interesse do público nesta iniciativa”, explicou aos jornalistas o vereador da Cultura, Tiago Araújo.

A exposição contou, no total, com 31 participantes, que transformaram a Fábrica de Santo Thyrso num verdadeiro jardim. As cores e tipologia das camélias estiveram a concurso, com 18 participantes.

A iniciativa contou com a organização de sessões de convívio à volta da história da camélia, com a colaboração da Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento e do Instituto Nun’Álvres, para além de outras associações, escolas e floristas. Entre as atividades, houve ainda espaço para um ateliê de desenho da Escola Secundária D. Dinis, no sábado, e um ateliê de poesia com a professora Alice Coutinho, no domingo.

Partilhar
ColorAdd Icone