Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Sessões públicas com elevada participação

21 Dezembro 2017
Sess o p blica 1 980 2500

EM DEBATE A REVITALIZAÇÃO DO LARGO CORONEL BAPTISTA COELHO E PRAÇA CONDE DE S. BENTO

Uma elevada participação da população marcou as três sessões públicas promovidas pela Câmara Municipal de Santo Tirso, sobre a temática da revitalização do Largo Coronel Baptista Coelho e da Praça Conde de S. Bento. “Foi a primeira grande discussão pública organizada em Santo Tirso. Para nós, a participação em massa das pessoas é motivo de orgulho, porque consideramos que é assim que se aprofunda a Democracia”, congratula-se Joaquim Couto. Sobre uma petição pública que está a decorrer online, Joaquim Couto considera que “só pode ser um mal-entendido”. “O que esteve em discussão foram estudos prévios. Pedimos às pessoas que se pronunciassem sobre ideias e não sobre factos adquiridos. Os projetos não estão desenvolvidos, pelo que é prematuro haver petições a contestar o que quer que seja”, argumenta.

A valorização do sistema urbano das cidades e dos territórios é uma condição fundamental para dar resposta aos objetivos estabelecidos por Portugal e pela Europa, no âmbito da Estratégia 2020. Os objetivos são a promoção da competitividade da economia, a coesão social e o desenvolvimento sustentável.

Tendo por base estas premissas, a Câmara Municipal de Santo Tirso quer intervir no “coração” da cidade, nomeadamente no Largo Coronel Baptista Coelho e na Praça Conde de S. Bento. Para isso, a autarquia chamou à discussão a população, com a organização de três sessões públicas, amplamente participadas.

Para Joaquim Couto, esta iniciativa pioneira no Município “é uma maneira de aprofundar a Democracia”, aproximando as decisões políticas das expetativas da população. “Quisemos promover um amplo debate sobre uma intervenção que, agora, seguirá para fase de projeto”, afirma.

Sobre alguma contestação, nomeadamente o aparecimento de uma petição pública que defende a manutenção dos jardins do Largo Coronel Baptista Coelho, Joaquim Couto lamenta que haja aqui alguma instrumentalização política: “A Câmara apresentou os estudos prévios das intervenções. Não há projeto, não há decisões fechadas, não há soluções definitivas. Se assim fosse, não faria sentido fazer uma discussão pública sobre o tema”.

O presidente da Câmara de Santo Tirso prefere, em alternativa, enfatizar a participação da população. “Há um tempo para ouvir e outro para decidir. Estamos em condições de avançar com os projetos de intervenção no Largo Coronel Baptista Coelho e na Praça Conde de S. Bento. O que não significa que seguirão a linha dos estudos prévios. Isso, agora, será estudado pelos técnicos e a solução final será apresentada”, aponta.

Partilhar
ColorAdd Icone