Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Santo Tirso integra projeto piloto de promoção da alimentação saudável

17 Outubro 2017
Juntos contra o sal 1 980 2500

Santo Tirso vai ser pioneiro na luta contra o sal. A par de Lisboa, Santo Tirso é um dos municípios piloto de um projeto do Ministério da Saúde que visa a promoção da alimentação saudável. O protocolo de colaboração foi assinado esta segunda-feira, na Capital, no Dia Mundial da Alimentação Saudável.

“Juntos contra o sal” foi o mote para a conferência promovida pela Direção Geral da Saúde, na Praça dos Restauradores, em Lisboa. Na data em que se assinalou o Dia Mundial da Alimentação Saudável, Santo Tirso deu um passo pioneiro na promoção da alimentação saudável no concelho, com a assinatura de um protocolo de colaboração entre a autarquia e o Ministério da Saúde.

“A Câmara tem dedicado uma parte importante das suas políticas e medidas à promoção da saúde. Vamos continuar a fazê-lo, porque, na nossa opinião, é mais vantajoso para os portugueses promover a saúde do que curar a doença”, declarou aos jornalistas o presidente da autarquia, Joaquim Couto, que enquanto desempenhou funções como deputado na Assembleia da República, no mandato de 2005-2009, foi um dos mentores da conhecida Lei do Sal.

Santo Tirso fará, assim, parte de um projeto piloto, a par de Lisboa, que pretende ter resultados positivos no estilo de vida da população. “Este protocolo será implementado através de medidas que implicam, por exemplo, a dinamização do desporto e a melhoria da dieta escolar”, adiantou Joaquim Couto, defendendo que as câmaras têm um papel importante no desenvolvimento das políticas de promoção da saúde e bem estar, em complementaridade com a Administração Central.

Fernando Araújo, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, elogiou a disponibilidade da Câmara Municipal: “Um dos fatores que mais leva anos de vida saudável é o sal, e nós queremos fazer do concelho de Santo Tirso um exemplo para o país. Existe uma abertura muito grande por parte da Câmara Municipal para trabalhar com o Ministério da Saúde nesse sentido”.

A medida, pioneira a nível nacional, surge no seguimento de uma série de iniciativas do Governo de baixar o teor do sal nos alimentos e aumentar os impostos nesta matéria.

Juntos contra o sal 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone