Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Arrancaram as obras no Nó do Barreiro

08 Agosto 2017
Arranque obras n  do barreiro 1 980 2500

EMPREITADA TEM CONCLUSÃO PREVISTA PARA O FINAL DE DEZEMBRO E RESULTA NUM INVESTIMENTO DA AUTARQUIA DE 1 MILHÃO DE EUROS

Arrancaram esta segunda-feira as obras que vão dar resposta a uma das mais antigas reivindicações da população de São Tomé de Negrelos. Num investimento da Câmara Municipal no valor de um milhão de euros, a reformulação do Nó do Barreiro promete trazer comodidade e segurança aos utilizadores das estradas Nacional 105 e Municipal 209, resolvendo os constrangimentos de trânsito locais.

Promessa assumida e cumprida, estão já no terreno as obras que vão dar nova vida ao Nó do Barreiro. Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal, e Roberto Figueiredo, presidente da Junta de Freguesia de São Tomé de Negrelos, assinalaram o arranque da empreitada, esta segunda-feira.

“A minha presença aqui hoje significa, não só, o compromisso da Câmara Municipal em tentar acabar a execução da obra no prazo determinado, que são 150 dias, mas também que assumimos os nossos compromissos e cumprimos. Havia muitas pessoas descrentes de que a obra alguma vez começasse, e, enquanto presidente de Câmara, estou aqui hoje porque de facto, a obra está no terreno”, declarou aos jornalistas Joaquim Couto.

Roberto Figueiredo não escondeu o contentamento com a concretização de um anseio antigo da população da freguesia. “Só é impossível até acontecer e está aqui a prova, aos olhos de todos, é um compromisso cumprido. Para os utilizadores da N105, principalmente, haverá muito mais conforto, mais celeridade aqui no trânsito e segurança para os peões, que até hoje não existia. Aproveito para deixar uma palavra de apreço aos proprietários que cederam gratuitamente os terrenos para que esta obra fosse realidade”.

Com este projeto, a autarquia promete pôr fim aos problemas de circulação no local, com a construção de uma rotunda. A intervenção prevê toda a restruturação do entroncamento da Estrada Nacional 105 e intervenções na Estrada Municipal 209, na Rua do Espirito Santo e ainda no cruzamento da Casa do Povo, onde será criado o futuro acesso ao Centro Escolar.

O projeto implica ainda a requalificação dos arruamentos e a intervenção aos níveis da zona de circulação pedonal, rede de drenagens e iluminação.

Partilhar
ColorAdd Icone