Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Invest promove oportunidades nos mercados internacionais

19 Julho 2017
Conferencia 1 980 2500

Santo Tirso foi palco da Conferência Internacionalizar para os Mercados do Reino Unido e da Irlanda. A iniciativa, promovida pelo INVEST Santo Tirso – Gabinete de Dinamização Económica, na Fábrica de Santo Thyrso.

O INVEST Santo Tirso – Gabinete de Dinamização Económica promoveu, dia 19 de julho, uma conferência na Fábrica de Santo Thyrso sob o tema "Internacionalizar para os Mercados do Reino Unido e da Irlanda". A iniciativa, em parceria com ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, insere-se na política de apoio aos empresários do concelho.


“Capacitar as empresas, sobretudo as startups e as PME, para o alargamento da base exportadora do concelho e Internacionalizar para outros mercados de negócio é o nosso grande objetivo”, aludiu Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, na sessão de abertura da conferência.
Destinada ao público empresarial, a conferência pautou-se por dois temas. "As oportunidades do mercado da Irlanda", apresentado por Luís Reis, responsável pela AICEP Portugal Global no Porto; e “As oportunidades do mercado do Reino Unido”, com Inês Castelo Branco e Charlie Cutler da Câmara de Comércio Luso-Britânica.

À luz da conferência, Joaquim Couto lembrou as políticas de proximidade com os empresários, desenvolvidas pela autarquia: “Todos os meses visitamos empresas do concelho para conhecer as suas realidades e auscultar os seus problemas. A Câmara deve ser um meio facilitador do investimento no concelho”.

Nesta perspetiva, o autarca referiu as medidas implementadas por este executivo, como a criação do INVEST Santo Tirso. “Desenvolvemos diversas medidas para o investimento privado no concelho e oferecemos um pacote de benefícios fiscais às empresas para que se instalem/invistam no Município, criando postos de trabalho”, aludiu.

Por outro lado, a redução de diversas taxas como IMI, IMT e Derrama, continuou, “tornam mais fácil e apetecível a instalação de novas empresas no concelho”. Também a redução ou isenção de taxas associadas ao licenciamento e à construção são outros exemplos de medidas facilitadoras e que vão de encontro aos interesses dos investidores.

“Somos um Município amigo das empresas. Queremos, por isso, mostrar todas as nossas potencialidades a um conjunto de atores do mundo empresarial, capazes de ajudar o concelho a criar um ambiente favorável à atração de investimento e à criação de postos de trabalho”, afirmou Joaquim Couto.
Segundo o presidente da Câmara, “os empresários portugueses têm, desta forma, a oportunidade de alargar os seus mercados, quer seja através de negócios ou parcerias pontuais”.

As medidas executadas pela Câmara Municipal inserem-se na estratégia do Município em colocar o concelho nos radares do investimento e do empreendedorismo nacional e internacional, dando-se a conhecer a além-fronteiras. A conferência contou ainda com os testemunhos de experiências empresariais no Reino Unido e na Irlanda.

Partilhar
ColorAdd Icone