Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Santo Tirso recria Mercado Nazareno

18 a 21 Abril 2014
Dsn20149992 cm st tirso mercado nazareno poster a4 p.02 1 980 2500

A Páscoa vai ser celebrada em Santo Tirso a rigor, com recriações históricas, demonstrações, música e combates entre soldados romanos. Uma viagem no tempo que promete surpreender com alguns dos momentos bíblicos mais marcantes da época pascal. A Praça 25 de Abril vai, entre 18 e 21 de abril, transformar-se num autêntico Mercado Nazareno.

O evento é inédito a nível nacional. Durante quatro dias, um grupo de atores, trajados a rigor, vai recriar os últimos momentos da vida de Cristo, dramatizando episódios como «O Julgamento», «A Última Caminhada», uma procissão pelas ruas da cidade, «A Crucificação», «Recolha do corpo de Cristo», «O Enterro» ou «Aparição de Jesus Cristo» e a «Mensagem dos Apóstolos» Pedro, João e Tomé.

Paralelamente às recriações históricas que vão realizar-se entre 18 e 21 de abril, o mercado terá ainda artesãos, mercadores, gastrónomos vestidos à época, com tendas próprias e decoração adequada; uma zona de diversão infantil, uma aldeia com dramatizações de peripécias bíblicas, exposição de animais ao vivo, como galinhas, uma porquinha, ovelhas, burrinhas, cabras, coelhos, entre outros, com vista a tornar o ambiente mais real, o que será, com toda a certeza, uma delícia para miúdos e graúdos; demonstração de velhos ofícios, um acampamento romano e ainda um calvário, com três cruzes.

A pensar, naturalmente, nos mais novos, haverá também os tão apreciados passeios de burro e os contadores de histórias, empenhados em despertar o interesse das crianças para as questões histórico-religiosas.

 

As recriações

O Mercado Nazareno abre, dia 18 de abril, sexta-feira, com quatro recriações históricas, a primeira das quais marcada para as 15h30, relacionada com «Os Milagres de Jesus Cristo», que circulará pelo espaço da Praça 25 de Abril, curando um cego e um leproso, entre outros. Hora e meia mais tarde, a partir das 17h00, terá lugar «O Julgamento», numa encenação que conta o episódio do julgamento feito por Pôncio Pilatos, célebre por ter lavado as mãos e dado a escolher ao povo entre Barrabás e Jesus.

Já a partir das 20h00, será tempo da «Última Caminhada», durante a qual Jesus, condenado e humildado, carrega a cruz, escoltado pelos implacáveis soldados romanos. Quando o relógio assinalar as 21h30, o filho de Maria, chegado ao calvário, será pregado na cruz, entre dois ladrões, com o povo a chorar o seu sofrimento.

No dia 19 de abril, sábado, o recinto do Mercado Nazareno abrirá portas pelas 10h00, brindando os visitantes com um ambiente típico da época, rico em cores, sons e aromas. A «Recolha de Jesus Cristo» acontecerá pelas 15h30, com os romanos a retirarem o corpo morto de Cristo da cruz, deixando-o ao cuidado das mulheres, que o embrulham em pano brancos, fazendo o pranto do luto. «O Enterro» está marcado para as 17h00, com Maria e os apóstolos a vigiarem a sepultura durante a noite.

As dramatizações dos momentos bíblicos continuarão dia 20 de abril, domingo de Páscoa, pelas 14h00, com a «Revelação do desaparecimento do corpo de Cristo». Mais tarde, quando se assinalarem as 20h30, debaixo de um forte nevoeiro e de uma luz, Jesus Cristo reaparecerá, para deixar uma última mensagem ao povo.

O dia de encerramento, a 21 de abril, segunda-feira, está reservado aos apóstolos Pedro, João e Tomé, que percorrerão o recinto do Mercado Nazareno em missão de evangelização, apregoando os ensinamentos que Jesus lhes incutira, num episódio que aposta na interação com o público.

 

PROGRAMA

 

18 ABRIL | SEXTA-FEIRA

15h00   Abertura do Mercado Nazareno

 

15h30   «Os milagres de Jesus Cristo»

Jesus Cristo percorre o recinto do evento e encontrar-se com um cego e um leproso, que cura. Os curados espalham o milagre pelo recinto

 

17h00   «O Julgamento»

Recriação que conta o episódio do julgamento feito por Pôncio Pilatos, que lava as mãos ao dar a escolha entre Barrabás e Jesus Cristo ao povo

 

20h00   «A última caminhada»

Jesus Cristo, condenado e humilhado, carrega a cruz, escoltado pelos implacáveis soldados romanos. Verónica, caridosa, limpa a cara de Jesus Cristo, que escorre sangue e suor. Maria Madalena dá-lhe de beber. Outra alma caridosa ajuda Jesus nos últimos metros até ao calvário

 

21h30   «A crucificação»

Chegado ao calvário, Jesus Cristo é pregado à cruz entre dois ladrões. O povo chora o seu sofrimento

                   

19 ABRIL | SÁBADO

10h00   Abertura do Mercado Nazareno

 

15h30   «Recolha de Jesus Cristo»

Os romanos retiram o corpo de Jesus Cristo da cruz e deixam-no ao cuidado das mulheres, que o embrulham em panos brancos e fazem o pranto do luto

 

17h00   «O enterro»

Jesus Cristo é levado para a sepultura. Maria e os apóstolos, em luto, ficam de vigia durante a noite

 

20 ABRIL | DOMINGO

14h00   Abertura do Mercado Nazareno

 

15h00   «Revelação do desaparecimento do corpo de Jesus Cristo»

Maria visita a sepultura de Jesus Cristo, seu filho, e, para seu espanto, encontra o túmulo aberto, sem sinais do corpo de Cristo. Corre pelo recinto do Mercado Nazareno e grita: “Jesus desapareceu"

 

20h30   «Aparição de Jesus Cristo»

Debaixo de um forte nevoeiro e de uma luz intensa, Jesus Cristo (re)aparece, deixando uma última mensagem ao povo

 

 21 ABRIL | SEGUNDA-FEIRA

10h00   Abertura do Mercado Nazareno

 

15h30   «Mensagem dos apóstolos Pedro, João e Tomé»

Dsn20149992 cm st tirso mercado nazareno poster a4 p.02 1 980 2500
Partilhar
ColorAdd Icone