Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Oferta de transportes públicos aumenta no Município de Santo Tirso

24 Julho 2020
Foto de arquivo 1 980 2500

NÚMERO DE LINHAS EM FUNCIONAMENTO PASSA DE 13 PARA 123

A Câmara de Santo Tirso conseguiu alargar a oferta de transportes no território municipal, após a entrada em funcionamento dos serviços essenciais no início de junho, aumentando de 13 para 123 o número de linhas asseguradas. Pela primeira vez, há carreiras nas antigas freguesias de São Salvador do Campo e São Mamede de Negrelos.

Depois de assegurados os serviços essenciais de transportes públicos no Município, a 8 de junho, a Câmara de Santo Tirso conseguiu, agora, que a oferta fosse alargada. “Com a inclusão no Orçamento Suplementar de uma verba de 94 milhões de euros, destinados a apoiar o serviço de transportes públicos, oito milhões de euros dos quais canalizados para a Área Metropolitana do Porto com vista a reforçar a rede de transportes públicos, o serviço no Município de Santo Tirso passou a funcionar com 80 por cento da oferta que se verificava antes da pandemia”, explica o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa.

Neste contexto, a autarquia conseguiu, inclusivamente, reforçar a rede pública no território municipal. Pela primeira vez, revela Alberto Costa, “conseguimos criar condições para fazer chegar carreiras às antigas freguesias de São Salvador do Campo e São Mamede de Negrelos”.

Processo

Os transportes públicos regressaram ao Município de Santo Tirso a 8 de junho, depois de um interregno provocado pela pandemia e pelas dificuldades financeiras apresentadas pelas operadoras, incapazes de fazer face aos serviços mínimos ainda durante o mês de maio. Para fazer face aos problemas, logo a 18 de maio, com o arranque das aulas do 11º e 12º anos, o Município de Santo Tirso teve de suportar um encargo financeiro, resultante da disponibilização de recursos humanos e de viaturas para garantir os transportes escolares. Já em junho, a Câmara Municipal teve, também, de assumir uma responsabilidade financeira de cerca de 100 mil euros para assegurar os “serviços essenciais” a toda a população.

Agora, com este reforço da oferta, e já em funcionamento, o território do Município de Santo Tirso passou a estar coberto por 123 linhas, muito acima das 13 linhas que tinham entrado em funcionamento a 8 de junho.

O serviço funciona de acordo com as recomendações da Direção-Geral de Saúde, nomeadamente com redução do número máximo de passageiros para 2/3 da lotação dos autocarros, de forma a garantir o distanciamento social e a segurança do posto de motorista. É ainda obrigatório o uso de máscara e/ou viseira no interior do transporte de passageiros. Outra medida passa pela constante limpeza e desinfeção dos autocarros, tendo por base as diretrizes das autoridades de saúde.

Partilhar
ColorAdd Icone