Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Nova sessão da comunidade de leitores “Texto quer dizer Tecido”

21 Setembro 2022

SÁBADO, 24 DE SETEMBRO, NA FÁBRICA DE SANTO THYRSO

A comunidade de leitores “Texto quer dizer Tecido” volta a encontrar-se no próximo sábado, pelas 15h00. Nesta sessão, a iniciativa que convida os participantes a debaterem leituras onde o tecer e o vestir ocupam um lugar na literatura e na memória coletiva irá debruçar-se sobre a “A Construção da Identidade: O Sexo e as Roupas”.

Propondo a leitura de Bomarzo, de Manuel Mujica Lainez e Orlando, de Virgínia Wolf, a terceira de cinco sessões da comunidade de leitores da Fábrica de Santo Thyrso convida a falar da construção da identidade e do papel do sexo e das roupas.

Promovida no âmbito do reconhecimento e valorização do património têxtil, a comunidade “Texto quer dizer Tecido” acontece sob a coordenação e dinamização de Eusébio André Machado. Nas duas sessões anteriores, os leitores já passaram por livros como a Bíblia ou a Odisseia, abordando a vida e a política.

A sessão arranca às 15h00, no Centro Interpretativo da Fábrica de Santo Thyrso, convidando os participantes a partilhar e a discutir leituras num ambiente informal. Para participar, os interessados deverão solicitar a sua inscrição através do email museus@cm-stirso.pt.

Nas duas sessões seguintes, a 2 de outubro e 19 de novembro, os leitores serão convidados a abordar a industrialização e a filosofia da roupa, partindo de obras de Charles Dickens, Ferreira de Castro, Charles Boudelaire e Oscar Wilde.

 

Partilhar
ColorAdd Icone