Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Nova rua em Rebordões aplaudida pelos moradores

06 Setembro 2016
Inaugura  o 1 1 980 2500

CÂMARA DE SANTO TIRSO INVESTIU NA REQUALIFICAÇÃO DA RUA MANUEL FERREIRA LAGOA

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, e a presidente da Junta de Freguesia de Rebordões, Elsa Mota, inauguraram esta manhã as obras de requalificação da Rua Manuel Ferreira Lagoa. O investimento, de cerca de 61 mil euros, é uma das várias intervenções que a autarquia pretende continuar a implementar no terreno até 2017.

Está concluída a requalificação da Rua Manuel Ferreira Lagoa, na freguesia de Rebordões. O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Couto, e a presidente de junta, Elsa Mota, inauguraram uma rua renovada, pavimentada e com rede de águas pluviais.

“Esta era uma intervenção muito importante, já que esta rua ainda se encontrava em terra e tinha problemas gravíssimos, sobretudo quando chovia. Esta é uma rua de atravessamento de ligação da parte mais alta da freguesia à parte mais baixa e, por isso, muito importante para a população local”, explicou Joaquim Couto.

Apesar de não ser uma obra com um investimento avultado, o projeto vai gerar uma grande melhoria na qualidade de vida das pessoas. Que o diga Agostinho Arcipreste, morador naquela rua: “Estou muito contente, porque vivo aqui há mais de 10 anos e sei das inúmeras dificuldades que tive em entrar em casa quando chovia. Tive várias inundações e, muitas vezes, tive de esperar que a água baixasse para conseguir entrar. Sei que não foi uma obra fácil de concretizar, mas estou muito feliz que a Câmara e Junta de Freguesia de Rebordões tenham conseguido resolver o problema”.

Joaquim Couto lembrou, exatamente, que as medidas que a autarquia tem vindo a tomar têm como objetivo “resolver os problemas concretas das pessoas”, nomeadamente das freguesias. Brevemente, revelou, “iremos apresentar publicamente um programa com novas áreas a intervencionar nas freguesias, ao nível da requalificação de ruas”.

Em declarações aos jornalistas, Elsa Mota destacou a importância da requalificação para os moradores. “Era uma obra mesmo muito necessária. Esta é uma zona habitacional nova, mas onde era praticamente impossível transitar. Não era preciso chover muito para que a rua ficasse completamente inundada, e esta situação condicionava os serviços. As pessoas já não recebiam as cartas há muito tempo, o padeiro não conseguia deixar o pão na porta.”

Desde o início de mandato, a Câmara de Santo Tirso já investiu mais de dois milhões e quinhentos mil euros em pavimentações, arruamentos, passeios e intervenção ao nível de águas pluviais, por todo o concelho. Até 2017, a autarquia prevê um novo programa de investimentos no valor de dois milhões e seiscentos mil euros, que permitirá a reposição e melhoria de pavimentações em zonas estruturantes das freguesias e de ligação aos concelhos vizinhos.

imagem

Partilhar
ColorAdd Icone