Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Festa do Ciclismo regressou às ruas de Santo Tirso

11 Agosto 2021

PRESIDENTE DA CÂMARA DESTACA “DIA DE GRANDE ALEGRIA”

O Santuário de Nossa Senhora da Assunção, em Santo Tirso, foi o palco da chegada da 5ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta, num dia em que a festa do ciclismo regressou às ruas da cidade e culminou com a desafiante subida a Monte Córdova.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Costa, considerou que “o regresso da Volta a Portugal a Santo Tirso foi um dia de grande alegria para uma terra que tem o ciclismo no seu ADN”.

“É um orgulho verificarmos que a subida ao Santuário de Nossa Senhora da Assunção é uma etapa muito apetecível para a organização de uma competição com o prestígio da Volta a Portugal”, disse o autarca.

No final da etapa, o diretor desportivo da Volta a Portugal, Joaquim Gomes, realçou, precisamente, as “fantásticas condições” de Santo Tirso para a competição, destacando a passagem pela cidade e, sobretudo, “o espetáculo da subida até ao Santuário”.

Alberto Costa considerou que a passagem da Volta a Portugal por Santo Tirso “é também uma forma de promover o ciclismo e o uso da bicicleta, enquadrando-se na estratégia do Município de promoção da mobilidade suave”.

Por outro lado, acrescentou, “é uma forma de dar a conhecer ao mundo a beleza de Santo Tirso, promovendo o concelho também do ponto de vista turístico e, simultaneamente, trazer retorno à economia local, sobretudo ao comércio”.

“Tenho, também, que destacar e agradecer o envolvimento de tanta gente de Santo Tirso que trabalhou para o sucesso deste dia, num contexto particularmente difícil devido às condicionantes impostas pela pandemia perante um evento desta dimensão, nomeadamente as autoridades de Saúde, a PSP e a GNR, a Proteção Civil, as corporações de Bombeiros e todos os serviços municipais envolvidos”, acrescentou Alberto Costa.

No total, foram 171,3 quilómetros percorridos entre Águeda e o Santuário de Nossa Senhora da Assunção, numa etapa que ficou marcada pela primeira vitória na carreira, enquanto sénior, do jovem britânico Mason Hollyman, da Israel Cycling Academy.

O ciclista descreveu a etapa como “um dia divertido e uma grande luta”, que culminou com a vitória no alto da Nossa Senhora da Assunção.

“Fui um dos últimos a entrar na fuga e fomos a todo o gás. Havia muito talento naquele grupo. Foi uma fuga incrível. Tentei o melhor no fim, para ver do que era capaz”, explicou o jovem ciclista.

Mason Hollyman vai, certamente, guardar Santo Tirso na memória: “É a primeira vez que ganho uma corrida em três anos, desde os juniores. Sabia que hoje tinha de arriscar. Estas vitórias não acontecem muitas vezes”.

Ricardo Mestre (W52-FC Porto) foi o segundo a cortar a meta, a 35 segundos do vencedor, seguindo-se Tomas Contte (Loulé Concelho), a um minuto.

A assistir ao final da etapa, no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, estiveram muitos amantes do ciclismo e alguns nomes do desporto nacional, entre os quais o piloto de ralis Armindo Araújo e os velejadores Pedro Costa e Diogo Costa, que representaram Portugal nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Partilhar
ColorAdd Icone