Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

“Eu e a Minha Reforma” vai ajudar na gestão das finanças pessoais

26 Outubro 2020
Lancamento do projeto eu e a minha reforma decorreu na ultima sexta feira na fabrica de santo thyrso 1 980 2500

PROJETO DESTINA-SE À POPULAÇÃO COM MAIS DE 55 ANOS

Já arrancou, em Santo Tirso, o projeto “Eu e a Minha Reforma”. Destinado à população com mais de 55 anos, o projeto promovido pela Fundação Cupertino de Miranda, em parceria com a Câmara Municipal, pretende melhorar a literacia financeira e contribuir para a inclusão social.

“Eu e a Minha Reforma” é um projeto que surge para dar resposta ao défice de literacia financeira e digital da população, com mais de 55 anos. Este programa de capacitação visa o desenvolvimento de competências que permitam uma tomada de decisões financeiras corretas e informadas, a melhoria da capacidade de avaliação de riscos, de prevenção de situações de fraude e burla, bem como de outras situações que podem comprometer a sustentabilidade financeira e prejudicar o bem-estar e a qualidade de vida de cada um.

O projeto já arrancou em Santo Tirso, com uma turma de 11 formandos, e prevê a realização de várias iniciativas, entre as quais se destacam os “Laboratórios de Educação Financeira”, que acontecerão em formato online.

“Queremos transmitir informação útil, que traga melhorias à vida das pessoas e que que seja acessível a todos”, explicou Inês Cupertino Miranda, administradora da Fundação, durante a sessão de apresentação do programa, que decorreu na Fábrica de Santo Thyrso, na última sexta-feira, lembrando que “o programa prevê fazer o cruzamento entre a capacitação financeira e a capacitação digital”.

Já o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, revelou que “o Município aceitou, desde a primeira hora, o desafio da Fundação Cupertino de Miranda para integrar o projeto de educação financeira”, uma vez que, esclareceu, “trata-se de uma ferramenta importante, que contribui para tornar as pessoas mais informadas e resilientes, assegurando a sua inclusão na sociedade e o seu direito ao exercício pleno da cidadania”.

O programa “Eu e a minha reforma” é apoiado pela Portugal Inovação Social, através do Fundo Social Europeu, irá decorrer ao longo de três anos e deverá chegar a cerca de 200 pessoas. Em causa está um investimento municipal na ordem dos 18 mil euros.

Partilhar
ColorAdd Icone