Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Candidatos ao Orçamento Participativo Jovem 2020 receberam os seus Certificados

22 Outubro 2021
Tr 18503 1 980 2500

Os autores dos projetos apresentados no âmbito do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) 2020 de Santo Tirso receberam os respetivos Certificados, numa sessão que contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal, Alberto Costa, e da nova vereadora com o pelouro da Juventude, Sara Moreira.

Dirigindo-se aos jovens e respetivos familiares presentes no Salão Nobre dos Paços do Concelho, onde decorreu a sessão, Alberto Costa considerou que “o Orçamento Participativo Jovem é um contributo para a qualificação da Democracia e, também, para o desenvolvimento do Município de Santo Tirso”.

O autarca lembrou as Hortas Urbanas e a Praia Urbana, dois projetos vencedores de anteriores edições do OPJ, que classificou como exemplos do “valor incalculável que os jovens podem aportar à sociedade”. Daí que, garantiu, “a Câmara Municipal de Santo Tirso continuará a fazer uma forte aposta no OPJ e em todos os programas dirigidos aos jovens, tendo sempre uma postura dialogante e próxima”.

O projeto vencedor da edição de 2020, apresentado por Catarina Costa, visa a construção de um Parque Infantil Adaptado, que será implementado no lugar de Quinchães, freguesia de Monte Córdova, e está orçado em cerca de 62 mil euros.

Este equipamento prevê uma estrutura com três plataformas unidas por um túnel e uma ponte oscilante, dois escorregas, um baloiço de dois lugares com proteções laterais e um baloiço para crianças em cadeira de rodas, entre outros.

Na sessão de entrega dos Certificados, Catarina Costa confessou sentir “muito orgulho em conseguir falar de inclusão no concelho de Santo Tirso, na freguesia de Monte Córdova, porque este parque infantil não se destina apenas a crianças com deficiência”.

“Eu quero que todas as crianças possam brincar e se normalize a deficiência. Que os deficientes não sejam vistos como uns coitadinhos. Enquanto sociedade, devemos criar as oportunidades certas para que as crianças e os adultos com deficiência participem em tudo o que lhes seja possível”, disse.
Neste caso, acrescentou Catarina Costa, “todas as crianças têm o direito de brincar e espero que isto seja um mote para discussões e realizações futuras”.

O OPJ foi implementado pela Câmara Municipal de Santo Tirso em 2014. De então para cá, foram vencedores os projetos de criação de um espaço de street workout e espaço desportivo em Monte Córdova, a colocação de um relvado sintético, a recuperação dos lavadouros de Monte Córdova, a construção da Praia Urbana, a criação de uma sala snoezelen e dinamização de um programa de desporto adaptado, e a construção da Horta Urbana.

Partilhar
ColorAdd Icone