Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Campo de relva sintética vence OPJ 2018

02 Janeiro 2019
Vencedores do opj com o vereador da juventude  tiago araujo 1 980 2500

PELA PRIMEIRA VEZ OS JOVENS PARTICIPARAM DIRETAMENTE NA ELEIÇÃO DA PROPOSTA VENCEDORA


A Escola Básica de Vila das Aves vai ter um novo campo de relva sintética, projeto vencedor do Orçamento Participativo Jovem de 2018. O vencedor foi anunciado hoje e, com larga maioria, o projeto de Diogo Martins, Francisca Lázaro e Romão Igreja foi o escolhido pelos jovens do concelho.

A construção do campo de relva sintética representará um investimento de cerca de 65 mil euros e irá permitir transformar o espaço num local para a prática desportiva segura, com novas balizas e redes de proteção. “A ideia surgiu quando todos os dias olhávamos para o campo e víamos que era um campo abandonado e que precisava de manutenção”, explicam os autores da proposta que reuniu a preferência de mais de 55% dos votantes.

Aos 13 anos, Diogo Martins, Francisca Lázaro e Romão Igreja quiseram dar uma nova vida ao campo que, garantem, “neste momento está cheio de pedras, de ervas, de terra e onde as redes de aproximadamente dois metros estão todas furadas e as balizas degradadas”.

O novo campo irá, por um lado, aumentar o número de espaços disponíveis para a prática das aulas de educação física pelos alunos da escola e, por outro, estar aberto para associações culturais e desportivas da freguesia, de modo a combater o sedentarismo. “É muito positivo vermos cada vez mais jovens a intervir nas decisões que trazem melhorias para toda a população”, defende o vereador da Juventude, Tiago Araújo, sublinhando que a proposta vencedora “está em linha com a estratégia da autarquia em promover o desporto, a saúde e a qualidade de vida da população”.
O Orçamento Participativo Jovem tem como objetivo reunir opiniões e contributos da população jovem do concelho, permitindo adequar as políticas públicas municipais às suas necessidades e perspetivas, tendo um orçamento disponível de 120 mil euros.

A edição e 2018 teve duas alterações, explica o vereador, “deixamos de ter o formato das Assembleias Participativas para termos a submissão das propostas online, e a possibilidade de votação direta por parte dos jovens do concelho”.

A quinta edição do OPJ de Santo Tirso atingiu um recorde de participações com 32 propostas apresentadas, 16 sujeitas a votação e a participação de mais 500 jovens na votação que ditou o vencedor.

Partilhar
ColorAdd Icone