Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara promove formação de assistentes operacionais e animadoras das escolas do concelho

10 Setembro 2022

DESDE 2019, JÁ FORAM MINISTRADAS 255 FORMAÇÕES DO GÉNERO

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, visitou uma das turmas das ações de formação dirigidas às assistentes operacionais e animadoras das escolas do concelho, que decorrem no arranque do novo ano letivo.

As formandas deste curso, ministrado em articulação com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), contaram ainda com a visita do diretor regional do Serviço de Formação Profissional do Porto, Vítor Macedo, e da diretora do Centro de Emprego de Santo Tirso, Isabel Cruz, além da vereadora da Educação, Sílvia Tavares.

“Não se esqueçam da importância que têm”, lembrou Alberto Costa às alunas da formação certificada para assistentes operacionais, que está a decorrer na Fábrica de Santo Thyrso. As aulas, ministradas pelo IEFP, acontecem no âmbito das responsabilidades da Câmara Municipal ao nível da Educação e têm como objetivo garantir a continuidade de uma melhoria constante dos serviços prestados pelas funcionárias nas escolas do concelho.

“Temos de aprender ao longo de toda a vida”, disse ainda Alberto Costa, sendo, por isso, importante que as instituições cada vez mais apostem nos funcionários para promover a qualidade e a competência no trabalho”, destacou. Afinal, é da Educação “que vão nascer os nossos futuros adultos”, completou o autarca.

Esta formação, destinada às assistentes operacionais do pré-escolar e 1º ciclo, tem como mote as atividades do quotidiano com crianças e jovens, com o objetivo de promover o desenvolvimento de competências, saberes e atitudes que contribuam para uma maior eficácia do seu trabalho.

Alberto Costa sublinhou, também, que os baixos números do desemprego em Santo Tirso se devem, em grande parte, ao trabalho do Centro de Emprego, em articulação com a autarquia e com as empresas da cidade.

Isabel Cruz, diretora do Centro de Emprego de Santo Tirso, disse também às alunas que “quanto melhor for a qualidade do trabalho, a competência dos funcionários, melhor é o serviço público ao munícipe”.

Vítor Macedo, diretor do Serviço de Formação Profissional do Porto, concordou também que “a formação dos ativos é cada vez mais importante”, destacando a vontade de continuar o trabalho desenvolvido em Santo Tirso.

No total, são 45 assistentes operacionais, divididas em duas turmas, para uma formação total de 25 horas. Está também a decorrer uma formação certificada no domínio da Técnicas de Animação para Crianças e Jovens, destinada às animadoras do pré-escolar e do 1.º ciclo.

Esta formação, também com duas turmas, decorre na Fábrica de Santo Thyrso e na Junta de Freguesia de Vila das Aves. Aqui, o objetivo é promover e desenvolver as áreas da animação complementares, com o intuito de superar algumas carências que possam existir na área da animação sociocultural.

Não é a primeira vez que a Câmara Municipal de Santo Tirso promove este tipo de ações. Já no ano letivo 2019-20, no âmbito da prevenção da Covid-19, o município promoveu ações de formação para 31 assistentes operacionais e 23 animadoras sobre higienização nas escolas, dinamizadas pelo Exército Português.

No ano seguinte, 25 assistentes operacionais reforçaram a formação em estratégias de combate à Covid-19, dinamizada pelo serviço de saúde e bem-estar do município, e 36 animadoras realizaram formação em Gestão de Projetos de Animação dinamizada pela empresa de formação Telheiro & Gonçalves, Lda.

No ano letivo 2021/2022, 31 animadoras e 31 assistentes operacionais realizaram formação certificada em Técnicas de Primeiros Socorros, ministrada pelo Centro de Emprego de Santo Tirso.

Partilhar
ColorAdd Icone