Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara promove diagnóstico de dislexia nas escolas do concelho

12 Setembro 2016
Lmm 9973 1 980 2500

PROGRAMA VAI ABRANGER ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR, JÁ A PARTIR DESTE ANO LETIVO

A Câmara Municipal de Santo Tirso vai promover, a partir deste ano letivo, um programa de diagnóstico de dislexia pré-escolar nas escolas do concelho. A medida tem como objetivo avaliar as necessidades específicas das crianças com 4 e 5 anos de idade que apresentem dificuldades de aprendizagem, promovendo assim o seu sucesso escolar.

Despistar a dislexia em idade pré-escolar é o objetivo do Programa de Diagnóstico à Dislexia que a Câmara Municipal de Santo Tirso vai implementar, já a partir deste ano letivo. A medida pretende avaliar de forma precoce as necessidades específicas das crianças com 4 e 5 anos de idade que frequentem o ensino pré-escolar público das escolas do concelho, de forma a promover o seu bom desempenho escolar.

Para o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, esta é uma medida simples mas que se reveste de grande importância. “Com este programa, pretendemos que as crianças intervencionadas passem de uma situação de insucesso escolar para uma crescente situação de sucesso escolar, com todas as conquistas que daí virão. A intervenção nestas idades é decisiva na prevenção do surgimento deste tipo de problemas, e permite uma análise cuidada da discrepância entre a capacidade e o desempenho dos alunos”, refere.

A estratégia de intervenção do programa passará, primeiramente, pela formação dos educadores sobre a temática. Aos alunos será aplicada uma ficha de anamnese, seguida do despiste, avaliação e diagnóstico, que permitirá uma intervenção pedagógica diferenciada aos alunos diagnosticados com dislexia.

Muitos dos sinais e indicadores de desenvolvimento de uma dislexia ou do estado da prontidão para a leitura surgem durante o período das aquisições pré-escolares. Este mesmo período é considerado ideal para o trabalho dos aspectos psicomotores, nomeadamente ao nível das dificuldades e características de personalidade que estes alunos, normalmente, apresentam. Estas dificuldades estendem-se aos pais, já que muitas vezes, por falta de informação, refletem cansaço e dificuldade em lidar com a disfunção.

Comportamentos desajustados, atraso na fala, dificuldade em pronunciar e encontrar palavras, dificuldade na memorização de letras, dificuldades de leitura e discurso pobre são algumas das características dos alunos com dislexia. Estas particularidades causam, consequentemente, situações de insegurança, isolamento, ansiedade, preguiça, lentidão e distracção.

É considerada dislexia a dificuldade específica de aprendizagem de um ou mais processos de fala, linguagem, leitura, escrita, aritmética ou áreas escolares, resultantes de uma desvantagem causada por uma possível disfunção cerebral e/ou distúrbios emocionais e comportamentais.

Partilhar
ColorAdd Icone