Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara Municipal e IEFP juntos no apoio à Contratação

22 Fevereiro 2017
Sess o contrato emprego 1 980 2500

FÁBRICA DE SANTO THYRSO RECEBEU SESSÃO INFORMATIVA SOBRE A MEDIDA DO IEFP “CONTRATO-EMPREGO”

O Auditório do IMOD, na Fábrica de Santo Thyrso, foi o local escolhido para uma sessão de informação coletiva, no âmbito da medida Contrato-Emprego, destinada a apoiar os desempregados e as empresas do concelho. Promovida pela Câmara Municipal, em parceria com o IEFP de Santo Tirso e Trofa, a iniciativa decorreu no passado dia 16 de fevereiro, e contou com a presença do presidente da Câmara, Joaquim Couto.

A medida Contrato-Emprego, lançada pelo IEFP, foi o foco da sessão informativa que decorreu na passada quinta-feira, na Fábrica de Santo Thyrso. Promovida pela Câmara Municipal, em parceria com o IEFP de Santo Tirso e Trofa, a iniciativa pretendeu mostrar o apoio específico que os empregadores podem beneficiar na contratação dos seus recursos humanos.

Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal, destacou a necessidade de apoiar as empresas e os desempregados do município. “Existe um bom relacionamento entre a Câmara Municipal e o IEFP, que faz com que o nosso objetivo comum, que é a criação de emprego e a captação de investimento, seja melhor conseguido, nomeadamente através da realização deste tipo de ações. É fundamental para o desenvolvimento económico de Santo Tirso melhorar o apoio aos empresários do concelho, conseguir a integração dos desempregados nas suas empresas, e captar o investimento, através de medidas abonatórias”, explicou.

A medida Contrato-Emprego destina-se a apoiar a contratação de desempregados inscritos no IEFP. Por cada contrato celebrado, sem termo ou a termo certo com um mínimo de 12 meses, as empresas recebem um apoio público, cujo montante varia de acordo com o tipo de contrato e o perfil do desempregado. As verbas pagas pela contratação de desempregados dependem, sobretudo, do tipo de contrato.

“O investimento e o emprego têm sido a prioridade da Câmara Municipal. Só no último ano, as exportações das empresas do concelho atingiram os 550 milhões de euros, um número que é também resultante de muitas das medidas que temos tomado, nomeadamente a criação do INVEST-Gabinete de Dinamização Económica, a isenção e redução da carga fiscal, como o IMI e da Derrama, a requalificação das zonas industriais e da rede viária, que melhoram os acessos às empresas, o investimento na modernização das redes de telecomunicações do concelho, que está totalmente coberto com rede de fibra ótica ou ainda o apoio às empresas na elaboração e acompanhamento de candidaturas a fundos comunitários”, afirmou o autarca.

Comparativamente com outubro de 2013, a taxa de desemprego em Santo Tirso diminui 34,6%. Desde finais de 2014, surgiram no concelho 350 novas empresas e cerca de 3000 novos postos de trabalho.

 

Partilhar
ColorAdd Icone