Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara lança programa 'Compre Santo Tirso' para apoiar comércio

16 Abril 2021
Sessao de apresentacao do projeto decorreu na fabrica de santo thyrso 1 980 2500

PARCEIRA ÚNICA IRÁ PERMITIR DIGITALIZAÇÃO DA ECONOMIA LOCAL

A Câmara Municipal de Santo Tirso lançou esta quarta-feira, dia 14 de abril, o programa “Compre Santo Tirso” desenvolvido a pensar em todos os comerciantes do concelho, que beneficiarão da criação de lojas online e marketplace. Participação é gratuita.

É uma parceria única que reúne a colaboração de entidades como a Câmara Municipal de Santo Tirso; a Associação Comercial e Industrial de Santo Tirso (ACIST); o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP); os CTT – Correios de Portugal e a Weasy – Web Made Easy.

“O ‘Compre Santo Tirso’ é o resultado de um excelente trabalho de cooperação entre diversos parceiros com um objetivo comum: apoiar o comércio local”, sublinhou o presidente da Câmara, Alberto Costa, durante a apresentação do programa, que decorreu na Fábrica de Santo Thyrso.

A iniciativa surge fruto de uma avaliação das necessidades reais do comércio local e assenta em duas vertentes. A primeira prevê a participação num programa integrado de formação e criação de uma loja online própria. A formação em marketing digital é ministrada pelo IEFP enquanto a criação da loja online é desenvolvida com o apoio da Weasy.

“A formação é um instrumento poderosíssimo de melhoria”, aludiu o vice-presidente do IEFP, António Leite, salientando que a preocupação do Instituto de Emprego e Formação Profissional é “garantir que todos os comerciantes podem ter acesso a esta ferramenta e usufruir plenamente, combatendo a situação de grave crise que estão a enfrentar”.

Já Rui Mendes, cofundador da Weasy, que se encontra instalada na Fábrica de Santo Thyrso, explicou que esta é uma iniciativa inovadora, já que o Município não se limitou a criar um diretório de empresas. “Associar a formação à tecnologia vem resolver o problema, porque as pessoas estão muito habituadas a vender ao balcão, mas no online há coisas que são diferentes”, continuou, sublinhando que “estão conjugados todos os fatores para que a iniciativa seja um sucesso”.

Numa outra vertente, os comerciantes podem, também, integrar as suas lojas na aplicação Comércio Local dos CTT e Vitor Esteves, diretor comercial da empresa, explicou que “a partir do momento que os comerciantes beneficiam de uma rede como a dos CTT, com uma amplitude nacional, conseguem dar um maior alcance à sua loja e vender os seus produtos para todo o país”.

Desenvolvido não só a pensar na atual situação pandémica, mas com os olhos postos no futuro, o “Compre Santo Tirso” vem dotar os comerciantes de novas ferramentas que lhes permitem “angariar clientes que, de outra forma não teriam”, acredita o presidente da ACIST, Hugo Assoreira. “É uma grande mais-valia para os pequenos comerciantes”, defendeu, uma vez que nem sempre têm acesso a diferentes modos de venda. “Uma sapataria ou uma mercearia podem, agora, estar online e isso é importantíssimo”, referiu.

Para o presidente da Câmara, é importante que os comerciantes adiram ao programa para que percebam as suas potencialidades “Queremos que experimentem, que compreendam que este é o futuro e que é uma possibilidade de se reinventarem”, destacou.

A Câmara Municipal continuará a atuar enquanto promotora do desenvolvimento e crescimento do comércio local e Alberto Costa está convicto de que se trata, “por um lado de apoiar os lojistas a ultrapassar esta fase difícil, promovendo a utilização dos meios digitais para a venda dos seus produtos de forma sustentável e, por outro, de incentivar a literacia e a transição digital do comércio”.

Numa primeira fase o programa permite a candidatura de um total de 200 lojistas e comerciantes. A inscrição é gratuita e pode ser feita exclusivamente online, através do preenchimento do formulário disponível no site do Município de Santo Tirso em https://bit.ly/3uUs4Yn .

Partilhar
ColorAdd Icone