Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara de Santo Tirso incentiva empresas a empregar pessoas com deficiência

28 Novembro 2019
Cmst nail 740x400px 29 11 1 980 2500

DEZOITO ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS ADERIRAM A PROGRAMA DE ESTÁGIO

Um total de 18 espaços comerciais de Santo Tirso aderiram à campanha promovida pela Câmara Municipal, em parceria com a Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente (CAID) e da Casa de Acolhimento Sol Nascente (CASL), de proporcionar um estágio profissional a utentes das duas instituições. “É importante trabalharmos a integração das pessoas com deficiência também a nível profissional e a melhor forma de o fazer é com ações de sensibilização como esta, junto do comércio local”, realçou esta quinta-feira o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa.

De visita à Farmácia Faria e à retrosaria Casa Reis, para assinalar esta ação que se estende até ao dia 6 de dezembro, o autarca lembrou que as pessoas com deficiência “têm competências que devem ser aproveitadas, desde que devidamente acompanhadas e colocadas nas funções certas”. O objetivo desta ação, acrescentou Alberto Costa, “é demonstrar aos empresários que, se estiverem interessados em integrar novos colaboradores nos quadros, também podem encontrar nas pessoas com deficiência soluções”.
Desenvolvida no âmbito do Dia Internacional da Deficiência, que se assinala a 3 de dezembro, a campanha está a mobilizar 18 estabelecimentos comerciais de Santo Tirso, mas o objetivo é que a iniciativa se prolongue e as empresas continuem a receber pessoas com deficiência após este período. Até porque, sublinha o presidente da Câmara de Santo Tirso, “são pessoas muito focadas e que, no sítio certo, produzem imenso, até acima da média de uma pessoa dita normal”.

De forma a incentivar os comerciantes e os empresários a aderirem, a autarquia criou distinções que serão atribuídas às empresas como forma de motivação e de acordo com o tipo de integração que fazem. O selo bronze será entregue a quem acolher estágios de cinco dias consecutivos e o selo prata será atribuído às empresas que disponibilizem estágios de, pelo menos, dois dias mensais durante um ano. Já o selo ouro pertence apenas a quem integrar uma ou mais pessoas com deficiência nos seus quadros.

Sandra Gomes e Marta Barbosa estão em estágio na Farmácia Faria e na Casa Reis, respetivamente, onde a iniciativa foi muito bem-recebida. Francisco Faria, diretor técnico da Farmácia Faria, garante ter aderido à campanha “de braços abertos e com muita motivação”. “Integrar alguém com deficiência é um desafio para essa pessoa e para nós também”, assumiu, defendendo que a empresa pode, assim, “ter um papel ativo na sociedade”.

Já Magno Braga, gerente da Casa Reis, assegura que a recetividade dos clientes tem sido muito positiva e que a campanha deve ser mantida: “É importante pôr estas pessoas em contacto com o público, até para ganharem mais à vontade”.

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso visitou dois espaços comerciais que aderiram à iniciativa  (1)

Partilhar
ColorAdd Icone