Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara de Santo Tirso estende apoios sociais e económicos até ao final do ano

28 Setembro 2020
Foto de arquivo 1 980 2500

A Câmara Municipal de Santo Tirso decidiu estender as medidas de apoio social e económico em vigor até ao final do ano. Segundo o presidente da autarquia, Alberto Costa, o investimento do Município para minorar os impactos negativos causados pela pandemia do novo coronavírus “continuam a fazer sentido”. “A nova realidade ainda está muito longe da forma como vivíamos antes da Covid-19. Por isso, consideramos que faz sentido continuar a apoiar as pessoas, o comércio e as empresas”, justifica o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso.

Até ao final deste ano, o comércio e as empresas locais vão continuar a usufruir da suspensão dos pagamentos de licenças de esplanadas, no caso dos estabelecimentos ligados à restauração, bem como de licenças de exploração de publicidade. As esplanadas criadas aquando da reabertura de cafés, pastelarias e restaurantes após o período de confinamento podem, também, manter-se.

Depois de a 1 de agosto terem sido reativados os parcómetros municipais, a Câmara de Santo Tirso decidiu retomar a medida de suspensão do pagamento do estacionamento, que esteve em vigor entre os meses de março e julho. “A decisão de reativar esta medida prendeu-se com o feedback que temos tido da população e do comércio. Sempre dissemos que as medidas que temos no terreno teriam de ser reavaliadas de forma periódica, de forma a corresponder às necessidades da população”, explica o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa.

Ainda no âmbito das medidas de apoio económico que o Município tem no terreno, mantém-se em vigor a suspensão do pagamento das taxas da Feira Semana de Santo Tirso, as rendas dos estabelecimentos comerciais propriedade do Município, nomeadamente os que estão localizados no Mercado Municipal, Fábrica de Santo Thyrso, Praça Coronel Baptista Coelho, Central de Transportes, entre outros.

A linha de apoio ao empresário, através do Invest Santo Tirso e em parceria com a ACIST continua a funcionar, bem como o corredor verde para otimização dos prazos de licenciamento para projetos de investimento privado.

Na área social, as medidas implementadas pela Câmara de Santo Tirso também serão mantidas até 31 de dezembro. O Subsídio Municipal ao Arrendamento, continua com um valor reforçado para fazer face às necessidades das famílias, bem como a verba disponível no Programa Municipal de Emergência Social (PMES), permitindo que mais pessoas possam usufruir de ajudas quer no apoio das rendas das habitações, quer no pagamento de faturas de água, luz, gás, medicamentos ou alimentação. No PMES, a Câmara Municipal de Santo Tirso permite ainda que as famílias com comprovadas carências económicas possam adquirir, através deste programa, equipamentos de proteção individual, nomeadamente máscaras.  A linha de apoio psicológico também continua disponível.

A esmagadora maioria das medidas implementadas pela Câmara de Santo Tirso estão em vigor desde março, quando foi decretado o Estado de Emergência em Portugal. O investimento do Município na área de combate à Covid-19 ultrapassa o meio milhão de euros.

Partilhar
ColorAdd Icone