Passar para o Conteúdo Principal
siga-nos
FacebookRSSadicionar aos favoritos

Câmara de Santo Tirso apoia residências criativas internacionais

17 Setembro 2019
Valeria ferreira  luisa arruda e manoella oliveira estiveram na suecia com o apoio da camara 1 980 2500

DURANTE UMA SEMANA, TRÊS JOVENS CRIATIVAS FREQUENTARAM A ACADEMIA NÓRDICA DE TÊXTEIS, NA SUÉCIA 

Entre os dias 9 e 13 de setembro, três jovens criativas, apoiadas pela Câmara de Santo Tirso, estiveram integradas na prestigiada Academia Nórdica de Têxteis, na Suécia.  No âmbito do projeto CREATEX - Textile Heritage Inspiring Creatives, as designers Valéria Ferreira, Manoella Oliveira e Luísa Arruda procuraram aprimorar as suas competências e desenvolver as suas coleções, inspiradas no património têxtil de Santo Tirso. 

O projeto CREATEX tem como objetivo a promoção da herança têxtil como fonte de inspiração para a criação artística contemporânea. Único parceiro português na parceria europeia, a Câmara de Santo Tirso desafiou jovens designers, até 30 anos, a desenvolverem coleções artísticas baseadas no patrimônio têxtil do concelho. Os projetos de Valéria Ferreira, Luísa Arruda e Manoella Oliveira foram os selecionados pelo júri do concurso. 

A doçaria tradicional do Município de Santo Tirso e a escultura contemporânea são a inspiração de Valéria Ferreira, natural de Monte Córdova, para as cores e formas da sua coleção de design de interiores.  O projeto de Luísa Arruda, intitulado “Embodiment Garment”, visa inovar na estética das próteses, através do desenvolvimento de peças de vestuário adequadas a este elemento. Manoella Oliveira desenvolve o projeto sustentável “Connections”, que ambiciona a criação de produtos multifuncionais, capazes de se adaptarem ao longo do ciclo de vida do produto. 

Nos últimos meses, as três criativas têm desenvolvido os seus trabalhos, beneficiando de apoio especializado e capacitação nos domínios da reinterpretação do património têxtil, marketing e comunicação. Em julho, as jovens designers partilharam a Incubadora de Moda e Design da Fábrica de Santo Thyrso com três criadoras polacas, selecionadas pela Academia de Belas Artes de Lodz.

Durante esta residência internacional, que incluiu a visita a algumas das principais empresas têxteis suecas, museus e centros têxteis e de moda, para além da participação em workshops especializados, as criadoras desenvolveram e aprimoraram as suas coleções.

No final do projeto, as mini coleções de moda produzidas pelos jovens designers da rede de parceiros do projeto serão objeto de uma exposição itinerante nos territórios integrantes desta parceria europeia.

Desenvolvido no âmbito da Associação das Coletividades Têxteis Europeias (ACTE), o projeto integra, para além do Município de Santo Tirso, o Museu do Tecido de Prato (Itália), a Academia de Belas Artes de Łódź (Polónia), o município de Gironella (Espanha) e a Academia Nórdica de Têxteis (Suécia).

Partilhar
ColorAdd Icone